Dicas Empresa Finanças

Obras em Apartamentos: Quais as Regras

Se você está pensando em fazer alguma obra no seu apartamento, saiba que existem regras a seguir, caso contrário, você está colocando não apenas a sua vida em risco, mas de outros moradores.

 

Provavelmente, você já ouviu uma notícia falando de uma obra que acabou afetando a estrutura do prédio, e é claro que você não quer isso.

 

Então, é por isso que é nossa função, enquanto empresa administradora de condomínios, alertar todos os condôminos quanto a essas regras.

 

Nesse post, vamos detalhar quais são elas e assim, garantir que a sua obra seja a mais segura possível.

Obras em apartamentos: quais as regras?

Então, se você está planejando fazer uma obra em seu apartamento, é essencial que saiba que existem regras e normas que devem ser respeitadas.

 

Todas elas são estabelecidas pela ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. Isso porque qualquer reforma sem uma análise técnica pode acarretar prejuízos à edificação.

E quais são elas?

 

1.Plano de reforma

Antes de mais nada, é necessário apresentar um plano de reforma ao síndico, devidamente assinado por um engenheiro ou arquiteto responsável.

 

O documento é a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) ou RRT (Registro de Responsabilidade Técnica).

Nesse plano, é preciso que conste os materiais que serão usados, a previsão da duração da obra e uma planta com todas as alterações. 

 

Lembrando que, seja o engenheiro ou arquiteto, ou ambos, devem acompanhar toda a obra.

Vale ressaltar aqui que cabe ao síndico a aprovação desse plano, e essa é uma outra 

vantagem de contar com uma empresa de administração de condomínios.

Pois podem enviar ao local especialistas para fiscalizar a obra e ver se está de acordo com as normas.

 

2.Horário de silêncio

Cada condomínio tem sua própria convenção, mas na maioria das vezes, o horário permitido para execução de obras é das 8h às 17h.

 

Mais uma vez, o síndico deve ser informado sobre a obra, até para informar os vizinhos que uma reforma está sendo feita no seu apartamento.

 

3.Retirada de entulho

Embora não seja uma regra em si, grande parte dos condomínios exige que a retirada de entulho é de responsabilidade do morador.

Por isso, já contrate uma empresa para recolher todo o entulho da obra.

 

Conheça as obras que precisam de autorização 

É claro que reformas como uma pintura ou instalação de gesso, por exemplo, não precisam de um plano de reforma.

Entretanto, outros tipos de obras necessitam de autorização:

 

  • Perfurações em lajes;
  • Alterações estruturais;
  • Fechamento de varandas;
  • Troca de revestimentos que necessite o uso de ferramentas como marretas;
  • Abertura de porta;
  • Instalação de banheira.

 

Esses são apenas alguns exemplos e a dica é sempre antes de iniciar qualquer obra em seu apartamento, conversar com o síndico e verificar qual é a documentação necessária.

 

Então, para evitar problemas futuros ou mesmo causar danos à edificação e outros apartamentos, o melhor é ser assessorado por um engenheiro ou arquiteto que sejam devidamente registrados em seus Conselhos.

 

Essa é a garantia que a obra em seu apartamento seja feita em segurança e seguindo todas as normas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *