Dicas

Melhor raquete de tênis: existe realmente?

Uma das primeiras perguntas que os novatos neste esporte se fazem é: existe a melhor raquete de tênis?

Bem, a resposta é: não e sim.

Não, porque não existe absolutamente nenhuma raquete de tênis que possa ser julgada como melhor do que as outras aos olhos (e mãos!) De todos os jogadores de tênis.

Sim, porque para cada tenista é possível identificar uma raquete que pode dar maior satisfação do que as outras.

Portanto, ao invés de focar na busca – utópica – pela melhor raquete de tênis de todos os tempos, é melhor converter a pergunta acima em outra pergunta: como encontrar “minha” melhor raquete de tênis?

Considere também escolher uma ótima Bola de tênis antes da partida, e juntamente com a raquete de boa qualidade farão a diferença no jogo.

# 1 – Melhor raquete de tênis: escolhendo a alça certa.

Sobre escolher a alça certa, já dissemos muitas vezes. Portanto, consulte nossos artigos recentes para obter mais informações!

# 2 – Melhor raquete de tênis: s escolha o comprimento certo.

Embora não seja o único requisito que afeta a incivilidade dos tiros, raquetes muito longas (acima de 70 cm) resultam em maior potência, enquanto raquetes mais curtas (68 cm) resultam em maior controle. Se você está começando a jogar tênis agora, escolha raquetes mais curtas e fáceis de controlar.

# 3 – Melhor raquete de tênis: escolha a largura.

As raquetes “largas” permitirão que você desfrute de uma maior superfície de impacto da bola. Portanto, os iniciantes devem começar a jogar com mais raquetes ù longas e largas cordas planas de pelo menos 100 polegadas quadradas. Jogadores mais experientes poderão optar por raquetes com um estrato menor, como 90-100 polegadas quadradas, para um controle ainda mais personalizado.

# 4 – Melhor raquete de tênis: s escolha o equilíbrio.

Equilibrar a raquete com o peso distribuído em direção à cabeça garante maior peso na parte superior, tornando a raquete mais potente, mas menos manejável. Os iniciantes devem, entretanto, começar com uma raquete bem balanceada, com o peso distribuído igualmente.

# 5 – Melhor raquete de tênis: escolha a flexibilidade.

As raquetes têm flexibilidade que pode ser medida com um indicador que varia de 1 a 100: 1 indica (hipoteticamente) uma raquete super flexível, enquanto 100 indica rigidez máxima. A maioria das raquetes tem um valor de rigidez entre 50 e 80 pontos.

# 6 – Melhor raquete de tênis: Escolha o quadro.

Para além dos materiais (as raquetes modernas podem garantir materiais inovadores com uma eficácia extraordinária), também é aconselhável verificar a espessura do quadro: quanto mais grosso, mais – em igualdade de circunstâncias – o quadro será potente. A raquete de iniciante terá, em média, um quadro entre 23 e 27 milímetros.

# 7 – Melhor raquete de tênis: escolha os acessórios.

A raquete certa muitas vezes não é suficiente: os acessórios também podem ser um suporte fundamental para o sucesso de sua performance. Portanto, compre um amortecedor para reduzir as vibrações, uma empunhadura que pode melhorar o manuseio, cordas sintéticas (ou cordas de tripa, para amantes naturais) com a tensão certa (que discutiremos em um estudo separado).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *