Dicas

DICAS PARA ESTUDAR INGLÊS EM CASA E NÃO MORRER TENTANDO

O inglês é um assunto pendente para muitos espanhóis. Se você é daqueles que estão cansados ​​de deixar dinheiro nas academias e não avançar, nós trazemos uma alternativa. Por que você não tenta outro método de aprendizagem? Siga estas dicas para estudar inglês em casa e não morrer tentando.

Confira também – Curso de IELTS em Belo Horizonte – Preços Imperdíveis,

Planejamento

O primeiro passo que você precisa dar depois de decidir estudar em casa é se organizar. O ideal é levar em consideração o tempo que você vai dedicar e os materiais que vai utilizar. Recomenda-se estudar entre 45 minutos e uma hora por dia. Se um dia você não pode demorar mais de 10 minutos, pelo menos dê esse tempo.

Acima de tudo, estabeleça um cronograma mais ou menos fixo. Mesmo que você estude em casa, tem que ter a mentalidade de quando você vai para uma academia. Defina sua hora de início e de término.

Estudo variado

Como você vai se dedicar vários dias ao estudo, pode e deve fazê-lo variado. Existem vários aspectos aos quais prestar atenção e são muito diferentes uns dos outros. Ou seja, não se concentre apenas em memorizar a gramática ou fazer exercícios.

Você pode praticar o idioma de diferentes maneiras. Desde assistir a uma série, ouvir rádio e praticar o vocabulário. Concentre-se nos diferentes aspectos do idioma e misture-os durante as sessões de estudo para torná-los mais agradáveis. Lembre-se de que descansar de alguns exercícios de gramática assistindo a um filme em sua versão original também é estudar.

Dê importância ao vocabulário

O vocabulário é às vezes o aspecto mais esquecido das línguas e não lhe damos a devida importância. Existem várias maneiras de estudá-lo, além da memorização tradicional.

Por exemplo, você pode usar  fashcards. Como o ambiente de estudo será sua casa, você pode preencher móveis ou itens com adesivos com seus nomes em inglês. Além disso, crie listas de vocabulário e cole-as em locais visíveis para revisar cada vez que você olhar nesse ponto.

Tente criar uma rotina. Estude cerca de 4 ou 5 palavras todos os dias e revise-as ao longo do dia. Você pode criar um glossário e dividir os termos por categorias. Além disso, tente enfatizar as palavras que você mais usa em sua rotina diária. Isso tornará mais fácil para você estudá-los.

Estabeleça metas

Para nos motivarmos sempre precisamos atingir uma meta e sentir que cada avanço que fazemos nos aproxima dela. É por isso que na aprendizagem de línguas também é muito importante definir metas.

Mesmo que não tenha interesse em obter o certificado, estude como se fosse fazer o exame. Então, você decidirá se finalmente fará ou não, mas é uma boa maneira de definir uma meta e um plano.

Da mesma forma, se o exame não for um incentivo suficiente, você pode definir outras metas. Qualquer objetivo que o motive está bem.

Faça da internet seu melhor amigo

A Internet pode ser sua grande aliada quando você estuda por conta própria. Existem muitos sites com recursos e aplicativos que o ajudarão a seguir as rotinas de estudo.

Além disso, você encontrará aulas particulares muito mais baratas do que as de uma academia. Você pode contratar de horas de conversa, aulas ou baixar agenda. Você também pode acessar uma infinidade de textos para ler, áudios para ouvir ou vídeos para assistir. Infinitas possibilidades!

Use conversas com outras pessoas 

Às vezes, ficamos tão focados em estudar que esquecemos o objetivo final de aprender um idioma. Por que queremos conhecer uma língua se não é para nos comunicarmos? Portanto, é muito importante que você pratique a conversa com o seu ambiente ou com estranhos.

O mais fácil e menos demorado é recorrer aos recursos que a internet lhe oferece. Você pode participar de fóruns ou postagens de mídia social da mídia anglo-saxônica e conversar com os usuários. Outra opção é ir para chats multilíngues.

Qualquer que seja a opção que você escolher, ele fornecerá algo que as notas ou livros não fornecem. Liberte-se em conversas e adquira vocabulário e expressões reais, que são utilizadas no dia a dia.

Ler é um bom passatempo para aprender inglês

Além da conversação, outra forma de ver o inglês em seu “ambiente natural” é lendo. Encontre um livro do seu agrado e leia-o em inglês. Você com certeza aprenderá novo vocabulário e expressões.

Se você usar um e-book, isso tornará seu estudo mais fácil. Como? Muitos desses dispositivos têm conexão com a Internet. Isso o ajudará a pesquisar termos desconhecidos em trânsito.

Algumas leituras têm áudio associado que você pode baixar e ouvir a pronúncia enquanto lê, como um audiolivro. Você também pode tentar ler em voz alta e verificar se sua pronúncia está correta com um aplicativo.

O mais importante para que essa técnica de estudo funcione é escolher bem o que você vai ler. Faça algo que lhe interesse e chame sua atenção. Se não houver nenhum livro de que você goste, você pode consultar artigos ou biografias. Você certamente encontrará algo que o motiva o suficiente.

O rádio e o pensamento são gratuitos

Além do tempo que passa estudando diariamente, você pode continuar estudando enquanto faz outras coisas.

Assim, enquanto você desce a rua ou faz tarefas domésticas, pode ouvir podcasts. Você pode procurá-los em programas de rádio informativos ou de tópicos específicos que você goste. Existem também outros que visam aprender inglês com aulas em cada programa. É uma questão de procurar aquele que mais gosta. São muitos gratuitos e a vantagem é que você pode ouvi-los em qualquer situação.

Gosto de pensar. Você pode pensar em inglês a qualquer momento. Fale consigo mesmo e tente rever mentalmente como foi o seu dia em inglês. Ou tente traduzir qualquer frase que vier à mente. Por exemplo, analise a lista de compras em inglês ou traduza mentalmente o que você tem a dizer ao seu amigo.

Com essas dicas para estudar inglês em casa, você estará mais perto de atingir seu objetivo. No entanto, lembre-se de que nem todos podem estudar por conta própria. Se você pratica esse método há alguns meses e não vê nenhum progresso, vá para uma academia ou instituição para aprender inglês.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *