Culinária

Ganhe Dinheiro Vendendo Bolo no Pote

Provavelmente você já ouviu falar ou já experimentou um bolo no pote, mas você sabia que é possível ganhar dinheiro com essa especiaria e que é assim que várias pessoas têm se tornando bem-sucedidas?

Vender bolo no pote tem se transformado em uma grande oportunidade para várias pessoas, tanto para complementar a renda mensal, como para os que querem começar o próprio negócio.

Afinal, mesmo com crise econômica, o setor alimentício sempre está em alta, e os bolos no pote tem se tornado um produto bastante consumido no brasil.

Quanto é possível ganhar vendendo bolo no pote?

Embora começar um negócio próprio demande um planejamento inicial, conhecimento do mercado e as principais tendências, vender bolos no pote, tem sido uma opção extremamente atrativa.

Um dos pontos mais atrativos é que o investimento inicial é baixo, geralmente se concentra apenas nos ingredientes para fazer os bolos, nas formas e nas embalagens.

Principalmente quando levamos em consideração que a produção dos bolos pode ser feita em casa, com os utensílios e eletrodomésticos presentes na própria cozinha, ou seja, não é necessário locação de ambiente, nem de maquinário industrial.

Outro atrativo é que os lucros são muito bons, pois digamos que você gaste R$ 20,00 para fazer a receita de um bolo, porém com uma receita você consegue montar 15 bolos no pote e cada unidade de bolo no pote pode ser vendida por R$ 7,00 ou até mais, dependendo do sabor, da qualidade, de sua popularidade, etc.

No final, quando vendesse os 15 bolos você acabaria ganhando R$ 105,00, abatendo os R$ 20,00 gasto com os ingredientes, você lucraria R$ 85,00 por cada receita.

Desse modo, você pode ver que o investimento inicial é baixo e os lucros são bastante significativos, de modo que há várias pessoas que começaram a vender bolo no pote como um hobby e acabaram por se tornarem empreendedores, faturando até R$ 5000 por mês.

Como vender bolo no pote

Os lucros por vender bolo no pote são bons, entretanto, é necessário que você saiba como atrair e conquistar clientes para vender cada vez mais e é nesse ponto que vamos te dar algumas dicas:

1. Diversifique

Não adianta nada você só ter um sabor de bolo no pote para vender, você precisa ter variedade para poder agradar a todos os tipos de clientes, então diversifique seus sabores.

Porém, fique atento para as demandas, veja os sabores que tem mais saída, os que tem menos, pois esses detalhes são importantes na hora de sua produção.

2. Preze a qualidade

A qualidade do seu bolo no pote determinará o futuro do seu negócio, pois os clientes precisam ficar satisfeitos para voltarem a requisitar seus bolos, para voltarem a comprar e a indicar para outras pessoas.

Então preze sempre por comprar os ingredientes de boa qualidade, pois eles influenciam no resultado final do seu produto.

3. Capriche na decoração do bolo

As pessoas costumam comprar coisas pela aparência e isso vale para comida também, portanto, se seu bolo no pote for bem decorado, for bonito ele terá mais possibilidade de venda.

Além do mais, bolo no pote, também pode ser uma ótima opção de presente, então quando mais bonito melhor para o cliente que irá comprá-lo para presentear alguém.

4. Capriche da embalagem

A estética da embalagem também influencia na hora do cliente comprar, embalagens personalizadas, com uma logomarca, com fitas e uma boa decoração chamam mais atenção do que embalagens simples.

Então capriche nesse quesito, afinal seu bolo no pote pode ir parar em alguma rede social e você quer que essa divulgação o ajude a atrair clientes.

5. Divulgue seu trabalho

Há tantos meios de divulgação hoje em dia, além do boca-a-boca, as redes sociais estão aí para te ajudar a divulgar seu trabalho e conseguir mais clientes.

Muitos clientes podem postar fotos do seu bolo, te divulgar e você pode retribuir, além disso você pode divulgar suas novidades, afinal muita gente começa a “desejar” um bolo de pote quando vê imagens na internet.

6. Invista em você

Quer ver o crescimento do seu negócio? Então busque capacitações e cursos de confeitaria, não ache que já sabe de tudo, tente sempre dar o melhor.

7. Venda em pontos estratégicos

Claro que você pode vender seu bolo no pote em casa, porém, se você sair pelo bairro, ou ir para lugares movimentados oferecendo seus bolos você consegue vender bem mais rápido e conseguir mais clientela.

Com todas essas dicas e informações você já sabe por onde começar a vender bolo no pote, portanto, o próximo passo é colocar em prática e sair da caixa, arriscar ter sucesso com esse empreendimento. Desejamos boa sorte!

Continue Reading
Culinária

Almoço dia dos Pais: Veja dicas de Cardápio

Quando o Dia dos Pais se aproxima, os filhos logo procuram por dicas de presentes para oferecer nesta data tão especial. Então,  temos uma dica de presente pra você: faça um almoço especial pra ele!

O Dia dos Pais no Brasil é comemorado no segundo domingo de agosto. Já em Portugal, por exemplo, comemora-se no dia 19 de março e nos Estados Unidos e na Inglaterra, no terceiro domingo de junho. Nos países ocidentais geralmente essa data coincide com o dia cristão em que se comemora o dia de São José, Pai de Jesus Cristo.

Curiosidades à parte, sabe-se que os brasileiros reservam esse dia para estar com a família, geralmente num almoço de domingo.

DICAS ESPECIAIS

Então trouxemos algumas dicas especiais para que o típico almoço de domingo se transforme num almoço especial e fique guardado na melhores memórias do seu Pai para sempre…

Para esse almoço vamos propor dois cardápios: um para os pais adeptos das carnes e outro para os pais veganos. Ambos cardápios com prato principal e sobremesa.

Vamos começar com um prato para os pais mais tradicionais. Que tal uma alcatra ao molho de vinho e um cheesecake?

A alcatra é um corte constituído das massas musculares entre o lombo e o coxão e fica na parte traseira do lombo do boi. Dela se pode extrair o seu miolo de onde se originam mais três cortes: o tender-steak ou “bife de açougueiro”, baby-beef  e o olho/coração. Para esse prato você poderá trabalhar com uma peça inteira de miolo. Então, vamos à receita:

ALCATRA AO MOLHO DE VINHO

Ingredientes

  • 2 dentes de alho;
  • 2 cebolas picadas;
  • 1 xícara (chá) de manteiga;
  • 3 colheres (sopa) de farinha de trigo;
  • 1 peça de alcatra (1,4 kg);
  • 1/2 garrafa de vinho tinto seco;
  • Sal e pimenta a gosto.

Modo de preparo

Frite o alho e a cebola na manteiga. Acrescente a farinha mexendo sempre para não empelotar. Reserve essa mistura. Numa outra panela, doure a carne no que restou da manteiga. Junte o sal, a pimenta, a cebola e o alho já fritos, adicione o vinho e deixe cozinhar em fogo brando por 30 minutos. Corte a carne no sentido perpendicular às fibras. Em uma travessa, arranje as peças com o molho cobrindo-as. Sirva logo em seguida.

As carnes e os vinhos combinam super bem, além de abrirem um leque fantástico de receitas. O aroma e o sabor da bebida completam o tempero da carne e criam fantásticas combinações. Invista num bom vinho como seu segredo especial! Tenha sempre uma garrafa à disposição e não deixe de incrementar as suas receitas com ele.

CHEESECAKE

Ingredientes

  • 200 gramas de açúcar
  • 4 unidades de ovo
  • 200 gramas de farinha de trigo
  • 900 gramas de cream cheese
  • 150 gramas de açúcar de confeiteiro
  • 100 creme de leite
  • 40 gramas de amido de milho
  • 1 gema de ovo
  • 1 limão (só a casca) raspada
  • 150 gramas de amora
  • 150 gramas de framboesa
  • 7 gramas de gelatina incolor em pó sem sabor
  • essência de baunilha a gosto

Modo de preparo

Misture 100 g de açúcar, a manteiga, 1 ovo e a farinha em um recipiente.

Bata até obter uma massa homogênea.

Unte uma forma de aproximadamente 24 cm de diâmetro de fundo removível.

Abra a massa na forma, fure com um garfo e coloque para assar em forno médio, a 180 ºC, preaquecido, por 6 minutos ou até que a massa fique levemente dourada.

Retire do forno e deixe esfriar.

Coloque na batedeira o cream cheese, o açúcar de confeiteiro, o creme de leite, o amido, a baunilha e as raspas do limão.

Depois que formar o creme, acrescente os ovos restantes, a gema e bata devagar e por pouco tempo até misturar.

Coloque o creme sobre a massa e leve para assar em forno baixo, a 155 °C, preaquecido, por aproximadamente 45 minutos.

Retire do forno e deixe esfriar.

Para a cobertura, bata as frutas no liquidificador.

Coloque a mistura em uma panela, no fogo baixo, e acrescente o açúcar restante.

Quando ferver, retire do fogo e acrescente a gelatina já dissolvida em um pouco de água.

Após esfriar, coloque sobre a torta e leve à geladeira até que fique firme.

Sirva em fatias.

Para o cardápio vegano, fizemos uma escolha tradicional. A lasanha é um prato tradicionalmente italiano e à base de carne, mas nessa versão propõe-se trocar a massa por fatias de abobrinha. Como todo clássico da gastronomia, a lasanha ganha versões incontáveis. Pode levar vegetais, carne de aves desfiada, cogumelos, presunto, bacalhau, salmão e, hoje, até pode não levar carne e nem tomate – para o desespero dos italianos mais puristas.

Porém, para agradar gregos e troianos no dia dos Pais,vamos aos ingredientes:

LASANHA DE ABOBRINHA VEGANA

Ingredientes da massa

  • 2 abobrinhas grandes
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 1 pitada de pimenta
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Ingredientes recheio
  • 2 xícaras de tofupiry (presunto vegetariano)
  • 2 xícaras de molho de tomate temperado
  • 300 gramas de cogumelo fresco
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho ralados
  • 1 colher de azeite
  • Manjericão fresco a gosto
  • Sal a gosto
  • Parmesão vegano para polvilhar – opcional

PREPARO da massa

Misture o azeite, o sal e a pimenta.

Fatie as abobrinha e pincele com a mistura do azeite.

Grelhe levemente as fatias em uma frigideira quente.

PREPARO do recheio

Refogue a cebola e o alho e acrescente o cogumelo fatiado . Acrescente sal a gosto e o azeite .

MONTAGEM

Em uma forma refratária coloque uma camada de abobrinhas, uma de tofupiry e um pouco de cogumelos. Vá alternando as camadas até acabar a abobrinha . Coloque tofupiry sobre a abobrinha e cubra com o molho de tomates, o manjericão e o queijo parmesão vegano.

Leve ao forno quente a 200 graus por 20 minutos.

E para sobremesa não basta apenas um belo sabor, mas uma boa apresentação para encantar o seu pai! Propor uma sobremesa vegana vai deixá-lo bastante surpreso! Geralmente preparada com leite condensado à base de leite – na versão brasileira – tem esse ingrediente substituído pelo leite extraído da castanha de caju. Todos vão adorar a textura incrível das castanhas, combinada com o azedinho do maracujá e o toque picante do gengibre!

MOUSSE DE MARACUJÁ e GENGIBRE VEGANA

Fonte: Bela Gil/ Canal GNT

Ingredientes

  • 1 xícara de castanha de caju (ou castanha do Pará)
  • 2 maracujás peneirados (reserve as sementes para enfeitar)
  • 2 colheres (sopa) de água filtrada
  • 1/3 xícara de melado
  • 1 colher (sopa) de óleo de coco
  • 1 pedaço de gengibre fresco ralado

Modo de fazer

  1. Deixe as castanhas de molho por 4 horas (no mínimo). Escorra a água.
  2. Coloque as castanhas, a polpa do maracujá e a água no liquidificador. Bata até ficar cremoso.
  3. Acrescente o melado, o óleo de coco e o gengibre. Bata até ficar homogêneo.
  4. Sirva nas cascas do maracujá ou em tigelinhas, enfeitado com as sementes reservadas.

Nota:

Rendimento 4 porções

O melado pode ser substituído por 8 tâmaras sem o caroço, previamente hidratadas em água.

Agora é só arrumar a mesa, reunir toda a família para comemorar em casa e curtir o Paizão num almoço especial que vai deixá-lo com água na boca. E depois é só tirar aquela bela self para guardar de recordação!

E aí, o que você achou das nossas sugestões? Deixe a sua opinião nos comentários, pois ela é muito importante para nós!

Um lindo Dias dos Pais a todos!

Continue Reading