advogado
Dicas

5 dicas para retornar ao trabalho após pausa na carreira

Retornar ao trabalho após uma pausa que pode ter ocorrido porque você decidiu estudar, viajar, cuidar dos filhos pequenos ou de um familiar doente, por exemplo, gera uma lacuna no currículo que pode chamar a atenção do recrutador. Mas esse não deve ser motivo para você ficar em pânico no momento de retornar ao mercado de trabalho.

Tomando alguns cuidados, você pode construir a melhor justificação possível para essa pausa e ainda explicar de que forma a experiência que adquiriu pode ser interessante para a empresa em que você quer trabalhar.

As melhores dicas sobre currículo, entrevista de emprego, mercado de trabalho, você encontra na Jobtool.

Como se preparar para retornar ao trabalho após pausa

Antes de atualizar o currículo e começar efetivamente a procurar uma vaga, é preciso analisar seus objetivos atuais, saber o que você pretende com esse retorno ao mercado de trabalho e o que você aprendeu enquanto esteve fora. Vamos lá.

Saiba o que você quer com esse retorno ao trabalho

Alguns pontos que você deve definir são:

  • que tipo de função você quer ocupar? Você pretende voltar para a mesma área que deixou antes da pausa?;
  • quanto você está disposto a ganhar? É preciso considerar que uma pausa na carreira pode significar uma remuneração menor na hora de retornar ao mercado;
  • quais são os benefícios mais importantes para você neste momento? Plano de saúde, horário flexível, trabalho remoto?
  • em que empresas você gostaria de trabalhar? Se a ideia for retornar para um antigo empregador, você pode ativar desde já o seu networking. Por outro lado, se você tiver uma lista de empresas dos sonhos para trabalhar, pode se focar nas vagas que elas estão oferecendo no momento;
  • qual seu objetivo para o novo emprego? Você busca algo temporário ou quer voltar definitivamente?

Organize o que você aprendeu ou desenvolveu antes de retornar ao trabalho após pausa

Depois de avaliar esses pontos, é hora de pensar sobre o que você aprendeu e quais competências desenvolveu durante a pausa no trabalho. Confira alguns exemplos.

Trabalhar sob pressão e lidar com imprevistos

Se você fez uma pausa para cuidar de um familiar doente ou para criar filhos pequenos, pode ter aprendido a lidar com imprevistos e continuar firme mesmo sob pressão. São competências muito relevantes para as empresas.

Conhecimento de outros idiomas e culturas

Se você parou de trabalhar para viajar pelo mundo e conheceu outras culturas – muito diferentes da sua cultura original – e turbinou seu conhecimento de idiomas, essas também são competências interessantes para os empregadores. Se você viajou pela Ásia, por exemplo, pode se focar em empresas que busquem pessoas com conhecimento daquelas culturas e/ou idiomas. Se passou um tempo na Alemanha ou na Suíça, idem.

Flexibilidade e criatividade

Considerando que você pode ter parado de trabalhar formalmente por um tempo – seja pelo motivo que for, até o de ter perdido o emprego e não ter conseguido se recolocar – mas que teve de se virar para ganhar algum dinheiro, é bem possível que você tenha sido muito mais flexível e criativo do que costumava ser enquanto trabalhava em empresas. E sabe o que é melhor? Esse aprendizado pode ajudar você a conseguir seu próximo emprego porque muitas empresas precisam de profissionais exatamente com essas características.

Atualize seu currículo com esses aprendizados

Se está tentando retornar ao trabalho após pausa, é natural que seu currículo tenha aquela lacuna que citamos no início do texto. E tudo bem. O mais importante é incluir alguns dos aprendizados que você teve nesse período de pausa para deixar claro para o recrutador que você não parou de se desenvolver nesse período. Você pode incluir essa informação logo no resumo profissional, quando você se apresenta, fala da sua experiência profissional e já aproveita para mostrar as novas competências que acumulou.

Como explicar sua lacuna no currículo para retornar ao trabalho após pausa

Quando você estiver cara a cara com o recrutador, é muito provável que pergunte sobre o período em que você esteve fora do mercado de trabalho. Quando esta hora chegar, é muito importante ter a resposta pronta para falar com tranquilidade e segurança. Aqui vamos dar alguns exemplos de justificativas bem elaboradas para 5 situações comuns.

Você perdeu o seu emprego

Muita gente acha complicado falar sobre uma demissão, mas ter sido demitido de uma empresa não fará o recrutador ter menos simpatia por você.

É preciso apenas tomar o cuidado de não falar mal da ex-empresa ou do ex-chefe e se concentrar nas coisas positivas que você conseguiu enquanto estava lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *